Quem trabalha em posto sabe como é difícil a rotina, principalmente quando fecha o caixa e descobre que tem dinheiro falso no meio e irá receber um vale de presente por não ter verificado.

Agora que a nova lei permite cobrança de preços diferenciados para diversas formas de pagamento.

A nova lei  pode aumentar a circulação de notas e consequentemente corremos o risco de ter mais dinheiro falso em circulação. Então atenção.

Existe a caneta que é utilizada para verificação se o dinheiro é falso ou não, mas se você não tiver algo para verificar seguem algumas dicas:

Primeiramente saiba que existem notas fabricadas em 1994 e notas fabricadas em 2010. E para verificar se você recebeu dinheiro falso necessita distinguir a família do Real.

Mas se você é antenado, pode baixar o o Aplicativo Dinheiro Brasileiro, ao posicionar o smartphone ou o tablet sobre a cédula, o aplicativo Dinheiro Brasileiro identifica a nota por comparação de imagem.

Em seguida, mostra os elementos de segurança que devem ser observados.

O aplicativo, disponível gratuitamente na App Store e na Google Play Store, facilita o reconhecimento das cédulas do Real

Cédulas da Primeira Família do Real (1994)

Observe a marca d’água. Segure a cédula contra a luz, olhando para o lado que contém a numeração.

Na área clara à esquerda, as figuras que representam a República ou a Bandeira Nacional, em tons que variam do claro ao escuro:

  • As cédulas de R$50,00 e R$100,00 da Primeira Família apresentam como marca d’água apenas a figura da República.
  • As cédulas de R$1,00, R$5,00 e R$10,00 da Primeira Família podem apresentar como marca d’água a figura da República ou a Bandeira Nacional.
  • A cédula de R$2,00 da Primeira Família apresenta como marca d’água apenas a figura da tartaruga marinha com o número 2.
  • A cédula de R$20,00 da Primeira Família apresenta como marca d’água apenas a figura do mico-leão-dourado com o número 20.

Observe a imagem latente.

  • Observando a frente da cédula da Primeira Família (lado que contém a numeração), olhe a partir do canto inferior esquerdo, colocando-a na altura dos olhos, sob luz natural abundante: ficarão visíveis as letras “B” e “C”.

 

Observe a estrela do símbolo das Armas Nacionais nos dois lados da cédula da Primeira Família.

Olhando a nota contra a luz, o desenho das Armas Nacionais impresso em um lado deve se ajustar exatamente ao mesmo desenho do outro lado.

 

 

Sinta com os dedos o papel e a impressão.

 

  • O papel legítimo é menos liso que o papel comum.
  • A impressão apresenta relevo na figura da República (efígie), onde está escrito “BANCO CENTRAL DO BRASIL” e nos números do valor da cédula da Primeira Família.

 

Cédulas da Segunda Família do Real (2010)

Veja a Marca-d’Água.

Segure a cédula contra a luz. Olhando pela frente da nota (lado que contém a efígie), e observe na área clara à as figuras que representam os animais, em tons que variam do claro ao escuro.

Se não observar é dinheiro falso.

Observe que a imagem que aparece na marca d’água é diferente para cada cédula:

  • R$50,00: figura da onça-pintada e número 50.
  • R$100,00: figura da garoupa e número 100.

Descubra o Número Escondido. Não encontrou, é dinheiro falso!

Com a frente da nota na altura dos olhos, na posição horizontal, em um local com bastante luz, você vê aparecer o número indicativo do valor dentro do retângulo no lado direito da nota.

Descubra a Faixa Holográfica.

Ao movimentar a nota, você vê, nessa faixa à esquerda da frente da cédula, os seguintes efeitos:

  • Na nota de R$50 da Segunda Família, o número 50 e a palavra REAIS se alternam, a figura da onça fica colorida, e na folha aparecem diversas cores em movimento.
  • Na nota de R$100 da Segunda Família, o número 100 e a palavra REAIS se alternam, a figura da garoupa fica colorida, e no coral aparecem diversas cores em movimento.

Sinta o Alto-Relevo.

Pelo tato, você sente o relevo em algumas áreas da nota da Segunda Família. Na frente:

  • Na legendas “REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL”;
  • No numeral do canto inferior esquerdo;
  • No numeral do canto superior direito (somente nas notas de 50 e 100 reais);
  • Nas extremidades laterais da nota.

No verso (somente nas notas de 20, 50 e 100 reais):

  • Na legenda “BANCO CENTRAL DO BRASIL”;
  • Na figura do animal;
  • No numeral

Com estas dicas você pode verificar se a nota que recebeu é falsa ou não. O difícil mesmo é lembrar de todas.

 

 

 

Uncategorized